NASA descobre cauda em galáxia

de INFO Online

Observações em luz ultravioleta revelaram cauda desconhecida na galáxia IC 3418 que pode ajudar a compreender melhor o processo de formação de estrelas.

Usando o Galaxy Evolution Explorer, uma equipe de cientistas descobriu a existência de uma cauda repleta de novas estrelas que se estende até o cluster de galáxias Virgo.

A explicação para a formação da cauda está justamente na interação da IC 3418 com o cluster Virgo, a 54 milhões de anos-luz da Terra. Ele contém cerca de 1.500 galáxias, é repleto de gás quente e está puxando a IC 3418, fazendo com que ela mergulhe no gás a uma velocidade de mil quilômetros por segundo. Com isso, o pouco gás da galáxia está sendo empurrado para a cauda.

No entanto, para que as estrelas encontradas na cauda se formassem, seria necessária a presença de um tipo específico de gás proveniente da galáxia. Fazendo uma analogia com um ambiente da Terra, os gases, no geral, são como a areia carregada por um pé de vento. No entanto, o gás necessário para formar estrelas é considerado mais pesado, como pedrinhas, e não pode ser soprado do corpo da IC 3418 para fora da galáxia. Essas novas observações indicam, portanto, que o gás da cauda se formou na própria “esteira” da galáxia.

A presença dessas jovens estrelas mostra aos cientistas que um ingrediente crucial para a formação das estrelas (nuvens densas de um gás chamado de hidrogênio molecular) surgiu nesta região. Esta é a primeira vez que se encontram evidências concretas da formação de hidrogênio molecular em condições violentas na esteira de galáxias.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA