Supernova gera ´bala perdida´ no espaço

de INFO Online

Combinando dados de dois instrumentos diferentes, a NASA conseguiu localizar um objeto sendo expelido de uma supernova – algo que os astrônomos chamaram de bala perdida.

A N49 é este grande objeto azulado, fotografado pelo Observatório de Raio-X Chandra e pelo Telescópio Espacial Hubble.

Localizado na Grande Nuvem Magelânica, acredita-se que ele seja resultado de uma supernova, a explosão de uma estrela.

Após 30 horas de observação, astrônomos detectaram, no canto inferior direito, um pequeno vestígio da explosão sendo expelido para fora da grande massa da supernova. Esta bala perdida é rica em silício, enxofre e neon, e é uma prova de que a explosão foi bastante assimétrica.

A bala viaja a uma velocidade de oito milhões de km/h, se afastando do ponto central brilhante – acima, à esquerda. Este local é uma fonte que emite raios gama e raios X, e está mais escurecida pelo gás do que deveria.

Em outras palavras, pode ser que essa fonte de raios esteja além da supernova, e apenas se encontre na mesma linha de visão do telescópio. Outra possível bala está presente do lado oposto – mas é difícil vê-la porque ela se sobrepõe às emissões brilhantes.

Dados ópticos do Hubble (amarelo e roxo) mostram filamentos brilhantes onde a onda de choque gerada pela supernova está interagindo com as regiões mais densas de nuvens próximas de gás frio molecular.

A idade estimada do N49 é de cinco mil anos, e a energia liberada deve ter sido o dobro de uma supernova comum, sugerindo que a estrela que a deu origem era de grande massa.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA