Asteróides cruzam imagem da nebulosa Girino

Enquanto fotografava a Nebulosa Girino, o telescópio infravermelho WISE registrou a passagem de dois asteróides.

Esta região de formação de estrelas, com sóis muito jovens de apenas um milhão de anos, está localizada na constelação de Auriga, a 12 mil anos-luz da Terra.

Ela tem esse nome porque suas estrelas jovens e quentes emitem radiação ultravioleta que assume a forma de dois girinos, chamados Sim 129 e Sim 130 (eles aparecem no borrão amarelo, perto do centro da imagem).

O WISE capturou a passagem do asteróide chamado de 1719 Jens quando este deixou rastros pela imagem - vistos como uma linha amarela-esverdeada de pontos (ressaltada nos quadrados próximos ao centro).

Um segundo asteróide também foi visto, ressaltado nas caixas próximas ao canto superior esquerdo. Outros dois satélites também aparecem na imagem (ressaltados nos ovais).

O movimento dos asteróides parece mais lento do que os satélites porque eles estão muito mais longe, aparecendo como pontos registrados em diferentes frames – e não rastros inteiros.

 O 1719 Jens foi descoberto em 1950 e orbita no cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter. Ele tem 19 km de diâmetro e completa uma volta ao redor do sol a cada 4,3 anos.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA