Sonda Rosetta mostra asteróide a 450 milhões de km da Terra

do Terra

A sonda europeia Rosetta passou neste sábado, por volta das 12h (horário de Brasília) a 3,2 mil km do asteróide Lutetia, situado entre as órbitas de Marte e de Júpiter, indicou a Agência Espacial Europeia (ESA).

A sonda, que perdeu, como era previsto, seu sinal de rádio com a Terra até 12h5, voltou a ter contato às 12h45, indicou o diretor de operações da nave, Andrea Accomazzo, durante uma transmissão pela internet a partir do Centro Europeu de Operações Espaciais (ESOC), em Darmstadt (Alemanha). "Concluímos a fase de sobrevoo", declarou.

Como Rosetta encontra-se a 450 milhões de km da Terra, são necessários 25 minutos para que os sinais enviados cheguem aos centros de controle. Durante a fase de sobrevoo, Rosetta deveria fazer imagens do asteróide, um objeto maciço de mais de 100 km de diâmetro que poderá dar informações sobre o passado do sistema solar.

Após a análise das informações, as primeiras imagens devem ser apresentadas por cientistas da ESA neste sábado.

Durante a transmissão, as imagens tiradas quando Rosetta ainda estava a 80 mil km de Lutetia, para onde se dirigia a uma velocidade de 55 mil km/h, mostraram a presença de crateras em sua superfície.

Rosetta, lançada em 2004 na encalço de um cometa com o qual deverá se encontrar em 2014, já havia feito uma primeira incursão em 2008 no principal cinturão de asteróides, que reúne milhares de rochas de formas e tamanhos diferentes.

O asteróide Lutetia foi descoberto em 1852 em Paris e foi batizado com o nome latino da capital francesa.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA