Galáxias M81 e M82

A M81 (NGC 3031), em cima na imagem, é uma das maiores e mais bonitas galáxias espirais do nosso céu. A imagem mostra um núcleo brilhante, quase estelar, e grandes braços espirais (Tipo Sb). Encontra-se a 11.8 milhões de anos-luz e faz parte do cúmulo de galáxias de Ursa Maior. A M81 foi originalmente descoberta por Johann Elert Bode em 31 de Dezembro de 1774 que a descreveu como uma "nebulosidade" (Bode's nebula), juntamente com a galáxia irregular M82 (em baixo à direita). O diâmetro real da M81 é de 36000 anos-luz, tem uma luminosidade equivalente a vinte mil milhões de sóis e uma massa total que se aproxima dos 250 mil milhões de massas solares.
A brilhante galáxia M82 (NGC 3034) é dotada de uma estrutura pouco comum. É fonte intensa de emissões de rádio e possui um potente campo magnético. Apresenta um sistema caótico de filamentos (que ainda se podem descortinar na imagem) cuja origem está no centro da galáxia. A M82 tem um diâmetro de cerca de 16000 anos-luz e a sua massa total é de 50 mil milhões de massas solares.
A distância entre a M81 e a M82 é de apenas 100000 anos-luz. Os radiotelescópios revelam que as duas galáxias estão ligadas por uma enorme nuvem de gás intergaláctico. Há milhões de anos a M82 passou nas imediações da M81, de massa muito superior à sua, e o efeito gravitatório desta pode ter dado lugar, em parte, ao extraordinário fenómeno que se observa hoje na M82.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA