Oposição de Júpiter - Imperdível!


No dia 29 de outubro(2011), Júpiter, o maior planeta do sistema solar , vai estar em oposição.

Isto quer dizer que a Terra vai estar entre o Sol e Júpiter, por consequência além da aproximação o planeta será visível da Terra durante toda a noite propiciando, através dos telescópios, vistas deslumbrantes de sua atmosfera.

Esta excelente imagem foi capturada dia 13 de outubro no Observatório do Pic du Midi, localizado no Pic du Midi de Bigorre na região dos Altos Pirinéus, próximo de Tarbes, França.

Também vista em detalhe a gelada lua Ganymede, a maior lua do sistema solar, emergindo por trás do planeta (em cima), enquanto a vulcânica Io aparece no canto inferior esquerdo.

Quando visível, Júpiter é uma “estrela” prateada e muito brilhante. De todos os planetas que podes ver à vista desarmada, Júpiter é aquele que se assemelha mais a planeta e menos a estrela, dado que o seu tamanho e quantidade de luz que reflecte, fazem-no aparecer no céu como um disco.

Através de uns bons binóculos, a forma do planeta torna-se inconfundível e já podes ver também as 4 maiores luas, como pequenos pontos em torno de Júpiter.

Um telescópio já te mostra mais detalhes do planeta: a sua forma achatada, as cinturas de nuvens gasosas e tempestades como a Grande Mancha Vermelha, quando esta se encontra do lado visível do planeta. Como é lógico, quanto maior a potência de um telescópio, maior quantidade de detalhes se podem observar.

Das luas observáveis a partir de telescópios amadores, encontram-se Io, Europa, Ganymedes, Calisto (pequeno telescópio), Amalthea e Himalia (telescópio grande). Para as restantes, só equipamentos profissionais.

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA