Garota de 10 anos é mais nova pessoa a descobrir uma supernova

Olhar para o céu e ver estrelas e planetas é uma atividade bastante educativa. Diversas observações permitem estudar o movimento dos astros, o momento em que nascem e com um pouco de estudo e persistência até mesmo prever eclipses e descobrir novos objetos.


Kathryn Aurora Gray se encaixa exatamente nesse tipo observadora. A menina tem apenas 10 anos de idade e em 2 de janeiro de 2010 descobriu o que muitos astrônomos passam a vida inteira procurando: uma supernova, uma explosão repentina e altamente brilhante de uma estrela com mais de 10 massas solares.

Aurora vive na pequena cidade de Fredericton, na província de Nouveau-Brunswick, no Canadá e fez a descoberta ao estudar as imagens armazenadas em um computador e que foram registradas por telescópio automático. Kathryn auxiliava seu pai, o astrônomo amador Paul Gray, a identificar padrões que pudessem caracterizar uma explosão estelar. Quando a menina localizou um possível ponto em imagens captadas no dia anterior, imediatamente comunicou seu pai.

A possibilidade de terem encontrado uma nova supernova foi rapidamente comunicada à União Astronômica Internacional, IAU, que após consultar os catálogos celestes confirmou a descoberta, anunciada esta semana pela Royal Astronomical Society, do Canada.

Acima, a imagem da supernova, com a brilhante galáxia UGC 3378 à esquerda.

Batizada oficialmente de 2010LT, a supernova se localiza a 240 milhões de anos-luz de distância na galáxia UGC 3378, na constelação da Girafa e tem seu brilho estimado em 17 magnitudes, impossível de ser observada à vista desarmada.

Com a descoberta, Kathryn Aurora Gray passa a ser a mais nova pessoa a descobrir uma supernova. Antes dela, o título pertencia à jovem americana Caroline Moore, que em junho de 2009 descobriu a mais tênue supernova já registrada.

http://www.apolo11.com

Nenhum comentário:

Posição Planetária Atual - Clique na imagem Posição Planetária Atual - NASA

O céu da sua cidade - Clique aqui - Apolo11.com

O Sol Agora - Clique na imagemPosição Planetária Atual - NASA